Toldo ou pérgula: qual é a melhor opção para cada espaço?

Toldo ou pérgula: qual é a melhor opção para cada espaço?

A escolha entre um toldo ou uma pérgula pode levar a discussões intermináveis. A verdade é que ambas são soluções ideais quando se trata de te protegeres do sol no verão, tanto em terraços como em alpendres.

É verdade que às vezes a escolha pode depender mais do gosto do que de razões objetivas. Mas, em qualquer caso, é sempre importante levar em consideração alguns aspetos essenciais para fazer a escolha certa.

Uma questão de resistência

pxhere.com
pxhere.com

A pérgula possui uma estrutura fixa ancorada ao solo, enquanto o toldo é simplesmente fixado à parede ou teto. Essa diferença é importante porque em áreas mais expostas ao vento, a pérgula é mais estável e vai resistir melhor, enquanto uma rajada de vento pode danificar irreparavelmente o toldo.

Problemas de espaço?

Unsplash
Unsplash

Em pequenos terraços não há discussão, o toldo é o mais barato e o mais prático. Mas quando falamos de grandes superfícies, tudo pode mudar. É verdade que hoje em dia os toldos articulados podem cobrir muitos metros, mas a verdade é que com as pérgulas praticamente não existem limitações em termos de dimensões.

Pensando na estética

Unsplash
Unsplash

A grande vantagem dos toldos é que não ocupam espaço nem alteram esteticamente a fachada quando são recolhidos. Isso não acontece com as pérgulas, embora a tela possa ser recolhida, a estrutura estará sempre visível.

Por alguns meses ou o ano todo

Os toldos são perfeitos para uso ocasional nos meses mais quentes. Por outro lado, se tiverem cobertura de vidro, policarbonato ou painel sanduíche, as pérgulas permitem que um recinto de vidro aproveite esse terraço ou alpendre durante todo o ano. Claro, o orçamento neste último caso pode disparar.

Grau de proteção

Pixabay
Pixabay

Os toldos têm um grau de inclinação que protege o espaço não só quando o sol está mais alto, mas também quando começa a descer. No caso das pérgulas, não é o caso, e é necessário colocar acessórios como cortinas ou toldos verticais. Portanto, a orientação do terraço ou alpendre é um elemento que deve ser levado em consideração na escolha.

Por outro lado, as pérgulas, especificamente as bioclimáticas, melhoram o conforto térmico no espaço que protegem graças às suas lâminas reguláveis, o que é mais difícil de conseguir com os toldos.

Despesas

Apesar de tudo isso, este é um fator importante na escolha entre toldo e pérgula. Em geral, as pérgulas são mais caras, principalmente as bioclimáticas ou com cobertura de vidro ou policarbonato e, além disso, móveis.

No que diz respeito aos toldos, a gama de preços é muito ampla, embora dependendo da sua estrutura.

Aspetos comuns

Se todas as perguntas acima podem fazer a diferença entre um toldo ou uma pérgula, também existem outras em que não há distinção. Um deles é a necessidade de autorização da comunidade no caso de edificações residenciais e de seguir a estética das já instaladas.

Outro aspeto comum é que tanto os toldos quanto as pérgulas podem ser automatizados para que a sua abertura e fechamento sejam muito mais confortáveis. E, no caso das lonas, é aconselhável optar sempre por tecidos de qualidade e com proteção contra os raios ultravioleta, afinal, trata-se de desfrutar sem o sol causar problemas.

Qual é então a melhor escolha? Como viste, depende de muitos aspetos. Se procuras resistência e durabilidade, se o espaço é amplo ou se pretendes aproveitar o terraço ou alpendre durante todo o ano, a pérgula é perfeita. Caso pretendas utilizar apenas por alguns meses, não queres que a estética da tua casa seja afetada ou estás à procura de algo económico, um toldo será uma boa escolha.

Via: idealista